Atendimento Online:

Abuso sexual, acusado já está recolhido

Maldade não tem idade

A cidade de Arvorezinha amanheceu na segunda-feira, 13 de fevereiro, horrorizada com uma denúncia de abuso sexual. Segundo registro feito na Delegacia de Policia de Arvorezinha, por volta das 23 horas do domingo, 12 de fevereiro, um menor de idade, 16 anos, morador da Linha Forqueta, interior de Arvorezinha, abusou sexualmente de uma criança de quatro anos.
O fato teria ocorrido na residência do acusado. Quando os pais da criança visualizaram que essa estava perdendo sangue, levaram o menor até o Hospital São João onde o pequeno foi medicado, permanecendo internado até a realização de exames especiais, porém, o mesmo está bem, não corre risco de morte e também, segundo informações não oficiais, a criança não ficará com seqüelas.
Conforme as leis que regem o Estatuto da Criança e Adolescente, somos impedidos de revelar nomes, muito menos foto frontal do criminoso pelo fato de ter 16 anos, porém, chama muito atenção da foto ampliada que mostra o acusado segurando uma mochila escolar, nessa o escrito, Justim Bieber, que é um cantor jovem, idolatrado por meninos e meninas da mesma faixa etária do abusador, demonstra que o ‘rapaz’ ainda tem resquícios de adolescência, sem esquecer que cometeu um crime bárbaro, mas a sua face revela traços de maldade, um olhar profundo, distante e que assusta. Existem relatos que esse jovem sofre de problemas mentais, porém, não confirmado, pois a fonte entrevistada não quis se manifestar oficialmente.
O MP, Ministério Público, solicitou a reclusão desse jovem, com isso, o acusado foi transferido para o CASE de Passo Fundo, Centro de Atendimento Sócio-Educativo, entidade essa ligada a FASE, Fundação de Atendimento Sócio-Educacional, na tarde dessa terça-feira, 14 de fevereiro.
A REPORTAGEM NOTISERRA entrou em contato com o CASE, onde foi relatado que o jovem está passando atualmente por triagem, Saúde Física e Mental, através de vários atendimentos médicos, está em uma sala separada, portanto, não tem contato com os demais internos, está totalmente sozinho, “Parece que ele é incapaz de responder perguntas simples como sobre nome, idade, família” relatou via telefone uma fonte do NOTISERRA.
Ainda não se sabe oficialmente sobre o destino do jovem, pois, os levantamentos sobre seu estado emocional estão sendo traçados por médicos, psiquiatra e psicólogo, após será elaborado um documento oficial e enviado a um juiz que irá analisar os fatos e decidir sobre o destino final do acusado de cometer esse abuso sexual a uma criança de quatro anos.

Fonte; Jornal Notiserra

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Símbolo RV Digital
Desenvolvido por:
Logomarca RV Digital