Atendimento Online:

Fechou mais uma fábrica

Proprietária alega que não fechou, está sendo vendida, enquanto isso funcionários não sabem o que fazer

Mais uma Fábrica de Calçados fechou as portas na quinta-feira, 12 de abril em Arvorezinha. Segundo informações de funcionários, esses estariam aguardando a proprietária para realizar somente o processo demissionário.Em contato telefônico com a proprietária, Sra. Andréia Cazanova, essa registra que a empresa não fechou “Não fechamos, estamos em processo de renegociação, passaremos a empresa para outro interessado que já visitou a cidade e conheceu as instalações, também já quis informações quanto à seqüência do apoio recebido pela Administração, mas não fechamos a empresa” disse.
Porém, alguns funcionários relatam que a empresa artefatos de couro pontocom, de fato já agendou inclusive os atestados de demissão.
Visinhos dão conta que algumas máquinas já foram retiradas da fábrica. No histórico de funcionamento, pelo que pesquisamos soubemos que essa empresa teria iniciado entregando calçados para uma empresa de Muçum, o que não se concretizou, passando assim para outras no decorrer dos 11 meses de trabalho e por fim estava entregando para uma empresa de Arroio do Meio. Uma ex-funcionária que prefere não se identificar por medo de represálias, lembra que “Chegamos a 32 funcionárias, no final já estávamos em apenas 17, e agora o que vou fazer, não sei mais aonde ir e nem o que fazer, pois não temos emprego” disse ainda “nossa mão de obra era ótima, de qualidade, poucas foram as vezes que fomos chamadas a atenção pela falta de qualidade” desabafa. A mesma denunciante reitera que seus vencimentos nunca foram atrasados, sempre receberam em dia, porém, agora está sem saber o que fazer.
O Vereador Marildo Guerini esteve visitando também a Fábrica na manhã dessa quarta-feira, 18 de abril, porém, encontrou os portões fechados e ninguém para explicar o que ocorreu. “Vou em busca de explicações, pois a empresa recebia o incentivo de aluguel do município, dinheiro público, portanto, queremos explicações” disse o Vereador.
O incentivo que Marildo se refere foi aprovado pela Câmara de Vereadores e solicitado pelo Poder Executivo sob o número 036 de 09 de maio de 2011 que reza: Concessão de Uso do Ginásio de Esportes do Bairro Nossa Senhora das Graças, localizado na Rua Francisco Floriano, 580, destinado às instalações do empreendimento pelo período de 24 (vinte e quatro) meses, podendo ser prorrogado por igual período no interesse das partes.
Portanto, aguarda-se para os próximos dias o anúncio oficial se a empresa reabrirá realmente sob nova direção e a situação dos funcionários qual será, pagamentos em dia, rescisão correta, enfim, a principal preocupação que se tem para esse momento é justamente com os funcionários.

Fonte; Jornal Notiserra

Um comentário em “Fechou mais uma fábrica

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Símbolo RV Digital
Desenvolvido por:
Logomarca RV Digital