Atendimento Online:

Produtores investem cada vez mais na Suíno cultura em Doutor Ricardo

A tradicional “granja de suínos”, também chamada de Sistema de Produção de Suínos (SPS) é composta por um conjunto de componentes como o homem, as edificações e equipamentos, os animais, a alimentação e a água, os contaminantes e o manejo do rebanho, todos esses componentes visam o mesmo objetivo: produzir carne suína de qualidade. E os criadores de suínos de Doutor Ricardo estão bem animados com a atividade. Motivados pelo atual cenário agrícola, onde o preço pago aos produtores tem foi alguns até ampliarem a capacidade de criação. Assim como é o caso do produtor Rodrigo Andriolli, residente na Linha São Paulo, município de Doutor Ricardo, que esse ano ampliou sua capacidade de criação, onde investiu na construção de mais um chiqueiro, passando sua propriedade a comportar 550 cabeças de suínos por lote. “É uma cultura que passou um pouco de crise por causa do embargo da carne, mas em si, é um investimento bom, que ajuda muito aquele pequeno produtor rural” comentou Andreolli. Rodrigo disse também, que das etapas de criação de suíno, sua propriedade trabalha na terminação, ou seja, depois daqui alguns vão para o abate e as leitoas vão para a recria. “Hoje tenho alojado 520 cabeças, sendo que os dois pavilhões teriam capacidade para até 550, mas tenho somente 520, até para que os animais tenham um melhor bem estar” finalizou Andreolli. Outro produtor animado com a suíno cultura é o produtor José Carlos Rizzi, residente na Linha Leopolda, município de Doutor Ricardo, que também ampliou seu investimento neste ano, passando sua propriedade a comportar 860 animais. “Com o preço pago hoje para os produtores de suíno, o produtor até sente valorizado pelo seu serviço, pois hoje, se não fosse pela suíno cultura, talvez nem tivesse mais trabalhando na lavoura” comentou Rizzi. José Carlos disse também, que a suíno cultura tem dado uma boa renda para o produtor rural. “Pretendo expandir ainda mais a suíno cultura na minha propriedade, passando de 860 hoje para 1500 animais” finalizou Rizzi. Segundo o Secretário da Agricultura de Doutor Ricardo, Airton De Bortoli, o município tem investidos em seus produtores, sendo que o produtor que aderir a cultura ganhara o escavo, as licenças, uma quantia de areia e brita e no fim da obra, ou seja, no momento em que o produtor colocar o primeiro lote de suínos, o município fará um repasse ao produtor de R$ 12,00 reais por metro quadrado, ou seja, o produtor que aderir, por exemplo, a um chiqueiro com capacidade de 500 animais, terá um repasse de mais ou menos R$ 12 mil reais. Então é uma ajuda que o município da ao produtor rural para a implantação da cultura. Mas se não fosse o capricho e a dedicação dos produtores, não adiantaria de nada esse incentivo, e o produtor de Doutor Ricardo esta percebendo que essa cultura, é uma cultura que vem ao encontro dos anseios da agricultura. Airton disse também, que o município esta com uma novidade também para os produtores, que é a construção de cisternas. “Hoje o município já conta com uma cisterna que foi recentemente construída na propriedade do produtor José Rizzi, que além de criar suínos é um produtor que trabalha com gado leiteiro, com fumo e tem lavouras. “Ele teve a iniciativa de construir a primeira cisterna no município, para armazenar água da chuva, já para garantir o verão, pois como o verão tem meses de estiagem, essa água ajuda muito o produtor rural” finalizou Airton.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Símbolo RV Digital
Desenvolvido por:
Logomarca RV Digital