Atendimento Online:

Preço da laranja em queda

No Brasil, a expectativa é de que esta seja uma das melhores safras de laranja dos últimos 15 anos, com uma produção de mais de 400 milhões de caixas. Porém, o consumo de suco de laranja estabilizado nos últimos anos na Europa e uma queda de aproximadamente 25% nos Estados Unidos deverão repletir de forma negativa aos produtores rurais.
Com a produção em alta e o consumo em baixa, os preços estão quase 50% menores comparados ao mesmo período de 2010. A grande maioria dos produtores está recebendo cerca de R$ 10,00 a caixa, que é o preço mínimo estabelecido pelo governo neste ano. A Associação Brasileira de Citricultores afirma que o valor recebido não cobre os custos de produção.
Na comunidade de Linha São Lourenço, o produtor de laranja Clair Bortolli e sua esposa Laudi estão apreensivos com a comercialização da produção desta safra. Na propriedade existe mais de 500 pés do citrus, plantados há 03 anos, sendo este o segundo ano de produção. “Já deviamos ter iniciado a colheita da laranja a 15 dias, mas ainda não começamos. Estamos apreensivos com a venda devido ao preço baixo, pretendemos negociar com os fruteiros, que distribuem o produto nos mercados da região”, comenta Clair.
De acordo com o produtor, o preço a ser pago pelo quilo de laranja fica em torno de R$ 0,28, sendo um desistimulo para quem pretende investir na cultura. “Este preço pago aos produtores não cobre os custos de adubação e tratamento. Nossa esperança é a Cooperfat (Cooperativa de Fruticultores do Alto Taquari), que vem batalhando pela nossa valorização. Minha intensão era ampliar o plantio de laranja no ano que vem, mas se o preço não melhorar vou manter esta produção”, destaca.

Chegada do verão deve aumentar consumo

A tendência com a chegada do verão é o aumento do consumo de frutas cítricas para amenizar o calor. Entre as frutas, a laranja é uma das de maior procura. Além da famosa vitamina C, a laranja também oferece ácido fólico, cálcio, potássio, magnésio, fósforo e ferro. Contém fibras, pectina e flavonóides, que aumentam seu valor nutritivo.O principal benefício da laranja são suas propriedades antioxidantes. Existem mais de 170 diferentes tipos de fotoquímicos, incluindo mais de 60 flavonóides que apresentam propriedades antiinflamatórias, antitumor e inibem a formação de coágulos no sangue.
Ainda, a laranja controla a pressão sanguínea, combate o colesterol, melhora os problemas digestivos, estimula as funções intestinais, previne gripes e infecções, reforça as defesas do organismo,corrige a acidez excessiva do organismo e estimula o sistema circulatório, combatendo inflamações das veias. Vale lembrar que é no bagaço da laranja que são encontrados a maior parte das fibras. Além disso, na parte branca encontra-se a pectina, que exerce várias funções para o organismo. Na boca ela insere-se nos sulcos gengivais e previne contra cárie dentária. No estômago, ela aumenta o volume do alimento, causando sensação de saciedade. No intestino grosso, a pectina é fermentada e produz uma substância que previne contra câncer do intestino grosso. O bagaço da laranja também estimula o funcionamento do intestino, ótimo para aqueles com intestino preso.
O suco tem potássio, que ajuda a controlar a pressão arterial. Possui também betacaroteno, um renovador celular, e vitamina C que facilita a absorção do ferro (de alimentos como feijão). O consumo da vitamina C também faz bem à pele.Para aproveitar o máximo dos nutrientes do suco de laranja, faça o suco no liquidificador ou em uma centrífuga (que aproveita o suco da laranja inteira). Se você espremer a laranja, a maioria dos nutrientes não serão aproveitados.
Fonte; Jornal Notiserra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Símbolo RV Digital
Desenvolvido por:
Logomarca RV Digital