Atendimento Online:

Proteção de Fonte: Uma forma de manter sua água sempre limpa

“Para garantir água de boa qualidade para os produtores do município a Emater juntamente com o Poder Público Municipal, estão realizando Proteções de Fonte, que tem por objetivo aumentar o reservatório de água da propriedade, como também melhorar a qualidade desta água que esta sendo consumida”.

Neste ultimo mês de dezembro, a Emater de Itapuca esta realizando diversas atividades, tanto em relação às atividades agropecuárias como leite, viticultura, soja e milho, em razão da estação do ano, como diversas proteções de fontes para os produtores do município. Segundo o Chefe do Escritório da Emater de Itapuca, Rafael Galon, entre os tantos trabalhos que estão sendo desenvolvidos pela Emater, há um em especial que esta sendo desenvolvido, que é a “proteção de fontes. “As proteções de fontes estão sendo realizadas graças a uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Itapuca, a Secretaria do Meio Ambiente e a Emater. Sendo que hoje a Prefeitura fornece o maquinário para a realização destas proteções e os tubos de concreto. E isso acaba chegando a propriedade rural sem nenhum custo, ou seja, esse trabalho é realizado de forma gratuita para o produtor” comentou. Rafael disse também, que é muito importante a realização destas proteções de fontes no meio rural, pois além de aumentar o reservatório, também terá uma água mais limpa e saudável. “Já é sabido que boa parte das propriedades que utilizam água de fontes, não tem ou não cuida de forma adequada sua fonte. Até muitas vezes são realizadas as limpezas periódicas, porém mesmo realizando essas limpezas, alguns animais acabam tendo acesso a essa água, principalmente cães, gatos e ratos. E com isso acabam trazendo para a família que se abastece desta água, sérios problemas de saúde como leptospirose e uma série de doenças que podem ser contraída pelo ser humano que acaba consumindo essa água infectada. Então surgiu a idéia de melhorar essas águas, com a realização das proteções de fontes. Que além de melhorar água, o produtor acaba criando um reservatório maior para períodos de stress hídrico, ou seja, períodos de deficiência de água. E quando o produtor realiza essa proteção de fonte, a caba aumentando principalmente o tamanho do reservatório desta fonte, aonde passamos de fonte de 30, 40, 200 e 300 litros em no mínimo 1.000 a 4.000 mil litros. “São reservatórios grandes, que permitem o produtor ter um reserva de água por um tempo maior” explicou. Rafael disse também, que muitos produtores do município estão aderindo as proteções de fonte. “No ano passado realizamos perto de 10 proteções de fontes e neste ano foram realizadas mais algumas, sendo que a maior demanda esta ocorrendo agora, onde estamos com quase 23 proteções de fontes para os produtores rurais” finalizou.Fonte; Jornal Notiserra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Símbolo RV Digital
Desenvolvido por:
Logomarca RV Digital